Error message here!

Error message here!

Esqueceu-se password?

Perdeu a password? Introduza o seu endereço de email. Irá receber um link para criar uma nova password.

Error message here!

Voltar ao login

FC PortoPortugal
PortugalPaços Ferreira
Desp. AvesPortugal
PortugalBenfica
SportingPortugal
PortugalChaves
O meu mundo aos quadrados
José Pedro Pais
2017/10/04 11:10
"O meu mundo aos quadrados” é uma coluna de opinião que pretende fugir ao império comunicacional dos três grandes, sob a perspetiva de um adepto do futebol pela positiva, profissional e transparente, que por acaso é boavisteiro.

O povo catalão saiu à rua este Domingo para exercer o seu direito de voto num referendo que, apesar de não ter qualquer tipo de validade legal, serviu para reforçar a sua pretensão de permanecer ou sair da atual Espanha. Tudo isto apesar de terem sido alvo de atos de repreensão violentíssimos pela polícia espanhola como pudemos, infelizmente, acompanhar nas imagens televisivas.

A Catalunha é uma comunidade autónoma espanhola com uma língua, uma cultura e um território muito próprios. Em Espanha, concorde-se ou não com a questão da independência da Catalunha e do País Basco (não é o que está em questão aqui), entende-se a importância do combate ao centralismo e do reforço do poder local.

É uma questão de equilíbrio, de equidade e, acima de tudo, de identidade.

Já “nós por cá”, nesse mesmo dia, voltamos a provar que não somos capazes de reforçar a nossa identidade local ao contribuirmos para resultados de leitura nacional.

O PS conquistou uma vitória local exacerbada fruto de uma governação nacional muito positiva. Nada tem a ver com o facto de ser o PS, o PSD ou outro partido qualquer mas sim com a mentalidade portuguesa e o seu historial de eleições. Sempre foi assim.

Portugal é um país profundamente centralista e desigual. Dificilmente se encontrará outro país, com índices de desenvolvimento iguais ou superiores ao nosso, tão centralista como Portugal. Para isso contribuíram consecutivamente a maior parte dos governos do pós 25 de Abril e a maioria dos portugueses dado não entenderem que a descentralização acarreta também responsabilidades.

A nossa responsabilidade enquanto cidadãos no reforço da identidade local não se limita ao exercício do voto na altura das eleições mas, sobretudo, ao apoio das políticas económicas, sociais e culturais locais.

O futebol serve perfeitamente como barómetro desta escabrosidade.

Os portugueses preferem assistir confortavelmente a um jogo na televisão de um clube que tem a sua sede a 200 ou 300 quilómetros de sua casa do que sair de casa e ir assistir ao vivo a um jogo do clube da sua terra.

Algo está profundamente errado nesta gente que se apregoa como defensora de um clube com o qual não partilha qualquer tipo de traço identitário.

Estes não são os verdadeiros adeptos de futebol, são uns hipócritas.

É este o motivo pelo qual eu sinto uma profunda admiração e respeito pelo espirito catalão, portuense, vimaranense, entre outros, - porque acima de tudo está a nossa identidade.

Futebol é muito mais que os três “estarolas”. Apoia o clube da tua terra.



Comentários (10)
Gostaria de comentar? Basta registar-se!
Motivo:
ad
O problema é outro
2017-10-12 15h38m por adolfosapinho
Antes de mais, concordo que a hegemonia dos três grandes em Portugal é exagerada e devia ser combatida, mas este tipo de discurso, na prática, pouco ou nada contribui para combater isso. O que é necessário é um conjunto de medidas concretas, para promover maior competitividade e que aproxime os clubes médios dos grandes em termos de possibilidades reais de ganhar títulos. Só assim é que as massas adeptas crescem. Isso faz-se com medidas como centralização de direitos televisivos e repart...ler comentário completo »
Re
Para resposta. . . Aderitus
2017-10-09 13h18m por RedLineVigo
Eu nunca. . . mas nunca no meu comentário falei de Portugal, como uma "província regional" de Espanha, falei da zona Norte , como algo semelhante à Catalunha, nem falei em divisões internas, visto que Portugal felizmente é um "país sem fronteiras" e de união desde 1143.
Ao referir o Norte, referi num todo e no quanto esta zona do país tem sido colocada de parte, dou-lhe um exemplo simples, fundos comunitários algo que devia ser repartido de forma igual por todas as regiões, e sabemos q...ler comentário completo »
vi
VITÓRIA SEMPRE
2017-10-07 10h58m por vitoriasc1922
Excelente artigo. Ai se todas as pessoas pensassem assim, que diferente seria o futebol e toda a sociedade em Portugal.
Saudações VITORIANAS.
Ad
Não tem comparação
2017-10-06 23h52m por Aderitus
Se Portugal fosse parte de Espanha, seria ele próprio uma região. Querer comparar os regionalismos espanhóis, baseados em antigos países e nações absorvidos por Castela, com as divisões internas portuguesas, não tem cabimento. Para comparar, teriam de pegar na nação catalã e verificar as diferenças entre as diversas regiões internas catalãs, como Barcelona, Terragona, Girona, etc. Mas concordo que por cá impere o centralismo, de tal forma é verdade, que ideia que tiveram para a reg...ler comentário completo »
va
Boa observação
2017-10-06 16h52m por vadexel
Aos problemas de identidade local referidos depende muito dos governantes e dos nossos políticos em adotar medidas para ser reforçada, não sendo certo que as recentes eleições autárquicas tenham sido espelho do que se passa a nível nacional, que na minha opinião é mais complexa a perceção dos resultados, ou também pode ser tão simples como a sua análise.

Quanto aos clubes locais em comparação com os ditos "3 grandes" não terem tanto apoio, acho que já se deve a razões históri...ler comentário completo »
Re
Concordo
2017-10-05 10h10m por RedLineVigo
perfeitamente com a posição tomada pelas pessoas da Catalunha, como as do País Basco. . . sendo as 2 zonas mais ricas de Espanha. . . com os PIB de ambos a deixarem as outras zonas a léguas de distância.
No nosso caso, sendo uma pessoa do Norte, revejo nesta zona peculiar do país algo semelhante, em que o tecido empresarial e tecnológico do país está toda aqui, a zona do país que mais exporta, concelhos topo a nível nacional desde do calçado, cortiça, chapéus, para não falar na indústri...ler comentário completo »
1K
anti-estarolism o
2017-10-05 00h17m por 1King
Completamente de acordo e registo com satisfação a admiração q um Boavisteiro diz sentir pelos Vitorianos na temática adeptos, aparenten/ só em braga é k não acreditam, é mito - dizem eles, é dor de coto de aziado - dizemos nós.
Esta questão de "serem todos pelo msm, pelo k mais vezes ganha", é um fenómeno 3 mundista, como vemos no Egipto, etc, é o resultado do analfabetismo endémico k o Salazar nos mandou. Mas acho k isto está a mudar, cada vez há mais acções e páginas nas re...ler comentário completo »
Du
País de eucaliptos
2017-10-04 12h29m por Duarte1717
Somos o único país (pelo menos da Europa Ocidental) em que isto acontece. Mas os adeptos estarolas de outras regiões dizem que "assim é que está bem, eu apoio quem quiser".
Não admira que a nossa liga esteja a cair para o abismo. . . Houvessem mais cidade como o Braga, Guimarães ou Funchal, a haver muita gente a apoiar o clube da terra (já nem digo toda a população, que seria o normal) e este campeonato era bem melhor.
No outro dia o Barça jogou com o estádio vazio, que ...ler comentário completo »
Pa
Parabéns pela crónica.
2017-10-04 12h12m por PauloMiranda_07
Uma excelente crónica(já habitual) que evidencia os valores inseridos na nossa realidade, e que conspurcam, a cada dia, a sociedade que se acaba por refletir, inevitavelmente, no desporto nacional.
Estes valores que grande parte das pessoas partilha, está de tal modo enraizado, que dificilmente num curto/médio espaço de tempo estes mesmo alterar-se-ão. . .
PO
os mesmos que. . .
2017-10-04 11h50m por PORTOTUGA
apregoam a tese que é lindo existir um clube do sistema, sim sistema centralista, base da seleccao(???), cidade do futebol em Lisboa, final da taça obrigatoria em Lisboa, quase por decreto o presidente da Fpf, em Lisboa era de origem de clubes de Lisboa ate à poucos anos. . .
sao os mesmos que apregoam, politicamente, socialmente e economicamente as teses do descentralismo. . .
Bom era, para melhoria do desporto em geral, e no sentido de se fazer o que se deve, ou seja...ler comentário completo »
OPINIÕES DO MESMO AUTOR
Domingo de manhã acordo ávido de curiosidade para consultar as capas dos jornais e ver os mais rasgados elogios à exibição e à proeza do meu clube, que ...
19-09-2017 18:42E3
Hoje tenho que defender a Honra Axadrezada. Passou pelos pingos da chuva mediática – como é habitual - um ataque violento do Benfica a diversos clubes nacionais e ...
13-09-2017 17:48E9
O Boavista arrancou com o pé esquerdo esta temporada, somando até ao momento quatro derrotas em cinco jogos oficiais. Os adeptos sofrem, ficam impacientes e reagem, totalmente no ...
05-09-2017 16:44E4
Opinião
Visão de jogo
Pedro Silva
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
A preto e branco
Luís Cirilo Carvalho
Visão de jogo
Pedro Silva
O meu mundo aos quadrados
José Pedro Pais
Na Minha Secreta Área
Luís Rocha Rodrigues